Coordenação Ciências Biológicas

Núcleo de Formação Complementar

Na passagem do 4o. para o 5o. período, cada aluno terá a sua disposição diferentes conjuntos de disciplinas que, a sua escolha, comporão sua futura formação profissional durante o Núcleos de Formação Específica (1.040 horas) ) e Complementar (320 horas), integralizando assim o currículo com um total mínimo de 3.600 horas.

Às 320 horas a serem cursadas no Núcleo de Formação Complementar, compõem-se de 200 horas de Atividades Complementares (Estágio curricular Obrigatório) representadas pelas disciplinas de Iniciações à Docência e Atividades de Extensão e 200 horas de disciplinas optativas livremente escolhidas pelos discentes e disponíveis nas listas das diferentes Linhas de Concentração e na lista de optativas da Formação Complementar que oferece também uma série variada de disciplinas com conteúdos direcionados a temas relativos á Educação em Direitos Humanos (Resolução CNE/MEC no. 1/2012), Educação das Relações Étnico-Raciais e Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana (Resolução CNE/MEC no. 1/2004) e, Educação Ambiental (Resolução CNE/MEC no. 2/2012). Estes conteúdos visam abranger dimensões sócio-culturais e científicas que devem subsidiar uma prática profissional cidadã, que propicie a promoção, defesa e aplicação destes princípios fundamentais na vida cotidiana como prática comum de direitos, deveres e responsabilidades individuais e coletivas.

Desta forma, os conjuntos de disciplinas optativas oferecidas nas Formações Específicas e Complementares envolverão conteúdos de diferentes áreas de conhecimento direcionados de forma integrada ao estudo dos fenômenos biológicos a serem investigados. Propõe-se também a essencial reciprocidade e integração entre as diferentes disciplinas associada à resolução de problemas de modo global e abrangente, visando o estabelecimento de inter-relações entre o todo e suas partes, resguardadas as especificidades dos diferentes campos de conhecimento. Esta integração inter- e trans- disciplinar deve necessariamente passar pelo ato de ensinar valendo-se do espírito da pesquisa científica que estimula a indagação e a dúvida, instrumentalizando o aluno a pensar e ter independência intelectual que lhe possibilite a construção e a busca contínua do próprio conhecimento, valorizando experiências de autoaprendizagem e trabalho cooperativo que tenham a pesquisa como parte integrante do processo educacional. Espera-se que esta concepção de Bacharelado em Ciências Biológicas dê conta das rápidas transformações do conhecimento e do mundo, do surgimento do novo, de novas disciplinas, de novas demandas da sociedade, de novos programas e intervenções inter- e trans- disciplinares, de modo que ao final deste processo o egresso ou formando, seja um cidadão ético, cooperativo, democrático e solidário, agindo com o mundo e sobre o mundo para transformar a realidade.

(Saiba mais sobre as disciplinas)

Translate »
Skip to content